Centro de Selecção de Setúbal

CENTRO SEL. SETÚBAL

ARMORIAL: JORGE GUERREIRO VICENTE
ILUMINURA:
PUBLICAÇÃO DAS ARMAS: “Portaria”, 1987, Dezembro, 28 in OE, 1988, 1.ª série, n.º 3, pp. 129-131.

ARMAS:
ESCUDO: de prata, um rastrilho de negro, pregado do primeiro
ELMO: militar de prata, forrado de vermelho, a três quartos para a dextra
CORREIA: de vermelho perfilada de ouro
PAQUIFE E VIROL: de prata e de negro
TIMBRE: um hipocampo de negro, animado de vermelho, carregado no peito de uma vieira de ouro
DIVISA: num listel de prata, ondulado, sotoposto ao escudo, em letras de negro, maiúsculas, de estilo elzevir:
“E JULGAREIS QUAL É MAIS EXCELENTE”

SIMBOLOGIA:
O RASTRILHO: marca o portal de acesso à instituição Militar que a cada individuo, consoante as provas dadas, pode ser franqueado ou recusado.
O HIPOCAMPO: que na sua estranha aparência relembra a montada do cavaleiro medieval, alude na sua vivência aquática à localização do órgão militar junto à orla atlântica
A VIEIRA: recorda a Ordem de Santiago que, em tempos de antanho foi donatária da marca de Setúbal.
A DIVISA: “E JULGAREIS QUAL É MAIS EXCELENTE” exprime a preocupação de, com rigor, ordenar o grupo apenas em função das características e capacidades de cada um.

SIGNIFICADO DOS ESMALTES:
OURO: a fidelidade dos processos técnicos usados
PRATA: a lealdade essencial a uma ordenação isenta
NEGRO: a prudência na análise dos resultados e a firmeza da decisão.

 

CSS

SÍNTESE:

O Centro de Selecção de Setúbal, foi criado em 1979 em Setúbal
Foi extinto na mesma cidade em 1992

CSS

REGIMENTO DE INFANTARIA 11

O Regimento de Infantaria 11 (RI 11) é estabelecido na localidade pelo Decreto de 14 de Setembro de 1899. (Ordem do Exército nº 10 de 18 de Setembro de 1899).
Passou a denominar-se, em 1975, de Regimento de Infantaria de Setúbal, de acordo com o Decreto-Lei nº 181/77. (Ordem do Exército nº 05 de 31 de Maio de 1977).
Foi extinto, em 1980, pelo Decreto-Lei nº 191/81 de 7 de Julho de 1977 – Ordem do Exército nº 7 de 31 de Julho de 1981.

CSSFotografia: copyright © Direção-Geral do Património Cultural

QUARTEL DO BALUARTE | BALUARTE DA CONCEIÇÃO

O “Baluarte da Conceição” foi inicialmente denominado por Forte da Nossa Senhora da Conceição, mais tarde, dada à sua situação geográfica, passou a denominar-se “Baluarte do Cais” e finalmente Baluarte da Conceição.

Foi construído em meados do século XVIII. Existe uma inscrição entre o Escudo de armas e a coroa, por cima da Porta de Armas, em que refere que no ano de 1696, no Reinado de D. Pedro II, foi mandado fazer por ordem de Sua Majestade, ao Duque de Cadaval mordomo da Rainha Dona Maria Sofia, o pórtico, contendo as armas das Praças de Setúbal; Cascais e Peniche.
(Informação: Geocaching)

 * *  *

Arquitectura militar, barroco clássico, estilo chão, vernacular. Fortificação barroca abaluartada pentagonal, irregular, com cordão na cortina amuralhada, com guarita num dos nos ângulos virados à barra; nota-se uma preocupação com o exterior na fachada principal onde se individualiza o portão como elemento centralizador, por uma decoração fortemente plástica que culmina num frontão de grande ornamento. Do barroco vernacular com afinidades maneiristas, avulta o torreão que forma canto, de construção erudita, de dois pisos, com andar nobre, com quatro águas, anexo a edificações de piso térreo; existe ainda o aquartelamento antigo de planta em U também avultando nele pontuações maneiristas em estilo chão, com fachadas rematadas em cunhal, com dois pisos, construção, com molduragem em pedra de vãos de janelas e portas, com cobertura em telhados de 3 águas; do vernacular são ainda os telhados em tesoura, as coberturas interiores com vigas e barrotes à vista.
(Informação: Direcção Geral do Património Cultural)

FOTOGRAFIAS:
by: skyscrapercity.com
(para uma visualizar em modo Slideshow, abra uma fotografia)

 

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s