Batalhão do Serviço de Material

BSM.jpg

ARMORIAL: MIGUEL DE PAIVA COUCEIRO
ILUMINURA:
JOSÉ ESTEVÉNS COLAÇO (sob orientação do Coronel Guerreiro Vicente)
Publicação das Armas: Ordem do Exército nº 7/1992 de 31JUL92 (1.ª série) pág. 334
Aprovação e Publicação Original:
“Portaria” 2 de Abril de 1979 -in OE 04/1979 (1.ª série) pp. 90-93.
NOTA: As Armas aprovadas para o REGIMENTO DE MANUTENÇÃO (RMan) são as mesmas do BSM.

ARMAS:
Escudo: de negro,uma roda dentada de oiro,encimada por uma cruz de prata, florenciada e vazia,ladeada por duas granadas de oiro acesas de vermelho perfilado a oiro.
Elmo Militar: de prata,forrado a vermelho,a três quartos para a dextra.
Correias: de vermelho,perfiladas de oiro.
Paquife e Virol: de negro e oiro.
Timbre:uma bigorna de oiro.
Divisa: num listel branco,ondulado,sotoposto ao escudo,em letras negras, maiúsculas de estilo elzevir:
“QUE A FAMA NOS EXALTE “

SIMBOLOGIA:
RODA DENTADA: traduz a actividade técnica oficinal.
GRANADAS: representam o serviço de munições,que constitui parte do Serviço de Material.
CRUZ FLORENCIADA DOS PEREIRAS: alude à Unidade sua antecessora-a Companhia Divisionária de Manutenção de Material-pertencentes à Divisão “NUNO ALVARES”.
BIGORNA: simboliza a artesania medieval percussora das modernas tecnologias.

SIGNIFICADO DOS ESMALTES:
NEGRO:significa honestidade e firmeza.
OIRO:significa nobreza e constância.
PRATA:significa eloquência e humildade.
VERMELHO:significa fogo e energia criadora.

ARMAS DO BATALHÃO DO SERVIÇO DE MATERIAL

Autoria e Iluminura: Capitão MIGUEL DE PAIVA COUCEIRO
Aprovação “Portaria” 2 de Abril de 1979
Publicação das Armas: Ordem do Exército nº 04/1979 (1ª Série) – pp. 90-93

Armorial Paiva Couceiro 08.jpg

BSM

Batalhão do Serviço de Material
(1975-2006)
Regimento de Manutenção
(2006)

A 21 de Março de 1975 é constituído o Batalhão do Serviço de Material (B.S.M.) por intermédio do Decreto-Lei nº 181/77, herdando as tradições e o património histórico da Companhia Divisionária de Manutenção de Material (CDMM)  no Entroncamento que foi extinta em Abril, prosseguindo a missão que a esta estava confiada: Manutenção, Reabastecimento e Instrução.

Por força do disposto no Decreto-Lei n.º 50/93 de Fevereiro, a Escola Prática do Serviço de Material (EPSM) transferiu-se de Sacavém para o Entroncamento a 1 de Setembro 1993, passando a ocupar as instalações do BSM, que integra, ficando este na sua dependência administrativo-logística.

No âmbito da última reorganização da estrutura do Exército, no dia 1 de Julho de 2006 é criado nos termos do Despacho do MDN nº 12 555/2006 (2ª série) de 16 de Junho o Regimento de Manutenção (RMan) que passa a ocupar as antigas instalações do BSM

Na sequência da extinção da EPSM e do BSM, de acordo com o Despacho do MDN n.º 12 251/2006 (2ª série) de 12 de Junho. O Regimento de Manutenção (RMan) fica na directa dependência hierárquica e funcional da Direcção de Material e Transportes / Comando da Logística

O património histórico do Batalhão do Serviço de Material, é herdado pelo Regimento de Manutenção, conforme determinam os despachos do General CEME nº 131/CEME/2006 de 21 de Junho, nº 132/CEME/2006 de 23 de Junho e nº 266/CEME/2006 de 17 de Outubro.

FOTO-GALERIA:
(para uma melhor visualização, clique nas imagens)

Anúncios

11 pensamentos sobre “Batalhão do Serviço de Material

  1. Pergunto o porquê de o Tenente Coronel Victor Lima nao estar referenciado como Comandante do Batalhao de Serviço de Material, no devido cronograma da instituição na devida data do comando?

    Gostar

  2. Eu cumpri o Serviço Militar no BSM, depois de pronto passei para o pelotão de prontos de serviço ao centro de instrução, sou da incorporação de 15/09/1981 o meu nº de ordem da unidade era 782/81, que alegria em rever as imagens do quartel onde passei a tropa, na imagem onde se vê a correnteza das casernas do centro de instrução, no lado esqº da imagem a caserna que não se vê era a secretaria, e ao fundo onde pela perspectiva não se consegue diferenciar as casernas a ultima ao fundo era a enfermaria do CI, a seguir á enfermaria (já náo se vê) subia-se um lance de escadas e era uma vivenda que era a casa dos sargentos e em frente era uma casa velha que era a sala de televisão dos soldados do CI, no CI so havia duas tv. uma na sala de Sargentos outra na sala de tv dos soldados, aí vi o Euro 82. que alegria eu ter descoberto estas fotos, por trás das casernas do CI que se ve nas fotos era o campo pelado de futebol.

    Gostar

    • Boa tarde Manuel António Pereira, poderá ver mais fotografias, quer na Página Oficial das Unidades do Exército Português no facebook
      quer na pasta da EPSM/Entroncamento aqui no Site.
      Um abraço e obrigado pela visita

      Gostar

    • Olá Manuel António Pereira, eu estive por essa altura também. Um gosto ver as imagens. Éramos conhecidos pelo pelotão de Comandos, porque éramos comandados pelo Alferes Jacinto. De certeza que ainda o conheceu. Depois disso fui para o Ralis, em Lisboa. Gostava de rever algumas pessoas. Sabe por onde anda o Alferes Jacinto. Se calhar Capitão ou algo assim. Obrigado. Jorge Dias.

      Liked by 1 person

  3. Boa noite ,fiz o serviço militar em 1992 no B.S.M o meu nº mecanográfico é 04280492 e gostava de saber e ver se havia fotos colocadas aqui ou algum camarada desse tempo.
    Obrigado.

    Liked by 1 person

  4. Sou do 1º Turno de 1976 – 1ª Compª BSM Entroncamento, gostaria de contactar com antigos companheiros, principalmente os que transitaram para EPSM Sacavém, com disponibilidade em JUL/77 (Escritorários e cozinheiros)

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s